CERVEJARIAS ARTESANAIS

 

 

 

Primeira cervejaria mineira 

A primeira cervejaria mineira foi criada em 1861 pelo alemão Sebastian Kunz, onde hoje é o Bairro São Pedro em Juiz de Fora. “Naquela época, a cervejaria era o ponto de encontro dos imigrantes alemães”, conta o tataraneto de Sebastian, Pedro Peters, que decidiu resgatar as raízes da família e criar, no mesmo local, a Cervejaria Barbante.

Polo Cervejeiro da Zona da Mata mineira

Quem vive em Juiz de Fora certamente já teve a oportunidade de certificar a excelência da cerveja produzida por aqui. No ano de 2017 o polo cervejeiro da cidade e da Zona da Mata passa a ser reconhecido como Arranjo Produtivo Local (APL), integrando a política pública de Minas voltada para a produção de cerveja. Esse ganho atesta a importância de sua atividade econômica e abre espaço para incentivos do poder público ao fortalecimento da cadeia produtiva. O caminho até este reconhecimento mostra a maturação de um setor que começou como hobby de apreciadores da bebida, se profissionalizou ao longo dos anos e vem ganhando cada vez mais mercado. Os números comprovam: a produção local é de 350 mil litros por mês, a mesma quantidade que foi feita ao longo de todo o ano de 2013, quando a cidade já almejava ser um polo cervejeiro. São 11 cervejarias, responsáveis por 14 marcas locais registradas pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). O trabalho de cervejeiros caseiros não entra na conta. 

 

Cerveja Juizforana ganha premiação

Nunca antes na história, a cerveja de Juiz de Fora foi tão premiada. Durante o Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau, Santa Catarina, quatro cervejas produzidas na cidade ficaram entre as melhores do país, eleitas por júri especializado. Três delas conquistaram a medalha de ouro: Antuérpia, na categoria Barley Wine Ale, com a Velvet; Timboo, na categoria Brown Porter, com a Timboo Porter; e Grizas, na categoria Brazilian Beer com Frutas, com a Saison Goiaba. A Antuérpia ainda levou medalha de bronze na categoria Dark Beer, com a Kremilin Reserva.